Presença online: o que é e como pode ajudar o seu negócio?

Por Erik Willian

90% dos consumidores pesquisam na internet antes de comprar e 85% deles acreditam que os melhores preços estão online, segundo o SPC. Este é o poder que a internet têm sobre as compras hoje, e não estamos falando apenas de compras online: 19% das vendas offline são influenciadas pelos meios digitais, segundo a Forrester.

O consumidor está conectado. E a sua empresa?

Dados como estes mostram uma mudança importante e irreversível no comportamento dos consumidores. Eles se acostumaram a usar a rede não apenas para procurar pelas empresas, mas também para comparar preços, receber indicações de colegas e conhecer melhor produtos e serviços.

Por isso, é indispensável a presença online — ou seja, a construção e consolidação de uma identidade para a sua empresa nos meios digitais, para que ela possa interagir, promover produtos e serviços, entre outras ações. Você sabe como isso pode ajudar a sua empresa?

Sua empresa já está na web

Com tanta gente acostumada a usar a internet para tudo, há grandes chances de sua empresa acabar na web mesmo sem planejar. Os consumidores buscam por opiniões online, reclamam, elogiam. 

Ignorar esse comportamento não apenas fecha algumas portas, mas também faz com que você fique de fora da conversa. Quando falarem mal de sua empresa, não haverá a chance de se defender. Quando a elogiarem, você não saberá.

Acima de tudo, você não terá acesso a uma quantidade imensa de informações muito úteis para melhorar processos, produtos e serviços. A web é uma fonte inesgotável de inspirações. 

Uma rede de oportunidades

Não são apenas insights poderosos. Uma boa presença online também é uma fonte de oportunidades: de novos negócios, de encontrar outros mercados ou descobrir um público interessado em sua empresa que você nem imaginava.

É uma maneira de estar em contato direto com seu cliente, mostrar a qualidade de seu trabalho e até de encontrar bons profissionais para trabalhar com você. Muitos candidatos procuram empregos online.

Esse é um mundo amplo a ser explorado. Mas, para aproveitar da melhor forma, é preciso seguir alguns passos básicos.

A construção da presença online

Estar presente online é a regra. Mas como construir essa presença? Para ajudar a sua empresa, separamos alguns passos essenciais:

1. Comece pelo site

O site é a porta de entrada para o mundo online: é ele que vai torná-lo “encontrável” nos buscadores, como Google. Vai permitir que você faça anúncios, publique conteúdo, entre outras ações para gerar oportunidades.

E ele não pode ser feito de qualquer jeito. Para se ter uma ideia, 40% dos usuários abandonam o site se ele demora mais de três segundos para carregar. Isso mesmo!

O site precisa ter uma boa usabilidade e atender as necessidades do usuário. Além de ser visualmente agradável, ele deve ser rápido, fácil de entender e usar. Especialmente no caso de lojas virtuais, é importante ser confiável.

Outro ponto essencial é possuir uma boa versão mobile, já que grande parte dos consumidores acessam a pelo celular.

Por isso, o mais recomendado é procurar profissionais especializados para a construção da sua página. Apenas eles vão poder garantir estas qualidades, além de cuidados como a construção de um site otimizado com técnicas de Search Engine Optimization (SEO), por exemplo. Isso vai aumentar as chances de seu site aparecer entre os primeiros resultados das buscas. 

2. Considere seriamente ter um blog

Um blog pode ser uma ferramenta muito eficaz na construção e fortalecimento do relacionamento com seus Com ele, é possível colocar em prática uma boa estratégia de inbound marketing que, com a produção de conteúdo relevante para seus consumidores, promove sua marca e os atrai para sua empresa.

Vamos dar um exemplo. Se você tem uma loja de roupas, pode publicar em seu blog dicas de moda. O conteúdo relacionado à área de interesse vai atrair um grupo segmentado e muito valioso para sua empresa: pessoas interessadas em roupas.

Aos poucos, elas vão se acostumar a procurar, em seu blog, esse tipo de conteúdo. O resultado? Você se torna uma referência e sua marca estará sempre lá, visível. Quando elas quiserem comprar uma peça para compor o visual da festa do fim de semana, sua empresa será lembrada.

Essa tática pode ser usada em diversas etapas do processo de compra de seus consumidores, desde a identificação do problema até a decisão. O inbound marketing se utiliza de diversos meios para isso, que vão do blog até o e-mail marketing, que explicaremos a seguir.

3. Escolha as melhores redes sociais para a sua empresa

Uma pesquisa do Sebrae mostrou que as redes sociais são consideradas os principais canais para concretização de vendas por 72% dos empresários. Mas elas vão muito além de anúncios da sua empresa.

As redes sociais são excelentes ferramentas de interação com seu público-alvo, um canal de atendimento prático e de comunicação. Porém, elas são muitas e isso pode confundir as empresas.

Mas, respire! Você não precisa estar em todas as redes sociais e nem é aconselhável. Um dos principais erros, nesta área, é criar e abandonar perfis, deixando-os desatualizados e sem respostas para as pessoas que entram em contato por meio deles.

Por isso, estude cada rede social que você julgar interessante. O Instagram, por exemplo, é baseado em imagens e excelente para as áreas de moda, decoração e turismo.

O Facebook é a rede mais popular e adequada a quase todos os públicos, porém empresas B2B podem não ter os melhores resultados nela.

Já o LinkedIn é voltado para profissionais e uma excelente aposta para universidades, empresas de recrutamento e treinamentos.

Escolha as mais adequadas e crie canais oficiais nelas. Tenha o cuidado de manter um profissional ou equipe dedicados ao conteúdo, demandas dos clientes, monitoramento, entre outras necessidades.

4. Aposte em outras ferramentas

Com um bom site, um blog e redes sociais, você já tem uma base sólida para sua presença online. A partir destas ferramentas, você pode considerar outras, que serão úteis no processo de vendas. 

O e-mail marketing, citado acima, é um exemplo. Ele possibilita, entre outras ações, a nutrição de leads, que é o envio de mensagens planejadas para pessoas interessadas em comprar, com o objetivo de auxiliá-las na decisão. 

Há, ainda, os anúncios online. Entre suas principais vantagens estão a segmentação do público e a conveniência para o consumidor. O Google, por exemplo, por meio da Rede de Pesquisa mostra seus anúncios apenas para quem já está procurando pelo seu produto. O Facebook permite que você segmente anúncios por interesses e assim por diante.

Resultados palpáveis

Estes são alguns dos passos básicos para a construção de uma presença online forte e eficaz para sua empresa. E a melhor notícia? A maioria dos esforços de marketing digital é mensurável por ferramentas como Google Analytics, plataformas de gestão de conteúdo e mídias sociais, entre outros. Isso significa não apenas clareza sobre os resultados, mas mais informação para decidir onde investir seus recursos!

Quer receber mais dicas sobre como investir na presença online da sua empresa? Curta nossa página no Facebook e acompanhe nossas dicas e novidades!

Erik Willian

Fundou a Digital Pixel em 2010, nascido em Belo Horizonte / MG, é experiente tanto na área de desenvolvimento como nas atividades de planejamento, atendimento. Atualmente é o responsável, na Digital Pixel pelo setor comercial e planejamento. Trabalhando com prospecção e adquisição de novas parcerias/clientes para a empresa. Participa ativamente dos projetos da empresa, e esteve presente desde a pré-contratação à entrega em mais de 1000 projetos web de diversos seguimentos.

Comentários

Ainda não recebemos comentários. Seja o primeiro a deixar sua opinião.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Comente com o Facebook

R. Duarte da Costa, 405 - Liberdade - BH/MG - 31270-170

(31) 3384-8620

contato@digitalpixel.com.br

Voltar Para o Site

× Fale conosco