Você Sabe Qual a Diferença entre Busca Orgânica e Paga?

Por Erik Willian

É muito difícil falar em SEO e negócios digitais sem falar de busca orgânica e busca paga. Toda empresa que deseja se destacar no mercado e sair na frente da concorrência tem isso bem claro em suas estratégias de negócios e marketing.

Se você tem um negócio online ou trabalha com marketing digital, é essencial entender a diferença entre busca orgânica e paga.

Essas duas estratégias são fundamentais para alcançar o sucesso na internet e podem ser a chave para aumentar sua visibilidade online e impulsionar suas vendas.

bigicony1

O que é busca orgânica?

A busca orgânica ou também conhecida como resultados orgânicos são as páginas e links que são exibidos “naturalmente” em um mecanismo de busca como o Google, por exemplo.

Para apresentar esses resultados aos usuários, os buscadores “cruzam” diversos atributos como:

  • qualidade e originalidade do conteúdo
  • densidade de palavras-chaves
  • links externos e internos
  • imagens otimizadas
  • autoridade do domínio

Os fatores são muito mais que esses, mas em geral, não se sabe verdadeiramente quantos atributos são considerados para que uma página ou conteúdo seja bem posicionado, tendo em vista que esses atributos variam constantemente, mas alguns já são bem conhecidos e trabalhados por muitas empresas.

Ela é baseada em uma série de fatores, incluindo a relevância do conteúdo do seu site, a qualidade das suas páginas, a autoridade do seu domínio, entre outros.

A busca orgânica é gratuita e pode levar tempo para gerar resultados, mas é extremamente valiosa a longo prazo, pois traz tráfego constante e qualificado para o seu site.

Os principais benefícios da busca orgânica

O principal motivo das empresas investirem na busca orgânica é justamente pelo retorno que essa ferramenta pode oferecer.

Estar bem posicionado nos buscadores é um objetivo primordial para muitas empresas e para outras essa área até mesmo acaba sendo a principal meta de negócios.

Então devido a essa importância, vamos analisar os prós e contras da busca orgânica e entender se vale ou não a pena investir nessa estratégia.

Problemas da busca orgânica

Embora a busca orgânica seja uma estratégia valiosa para aumentar a visibilidade e o tráfego do seu site, ela também pode apresentar alguns problemas, como por exemplo:

  • Tempo e investimento: a busca orgânica pode levar tempo e recursos para gerar resultados significativos. Você precisa investir em otimização do seu site e produção de conteúdo relevante e de qualidade para que ele seja considerado relevante pelos motores de busca;
  • Concorrência: a competição pela primeira página dos resultados de busca orgânica pode ser intensa, especialmente para palavras-chave populares. Se você estiver competindo com grandes empresas com orçamentos de marketing maiores, pode ser difícil se destacar na multidão;
  • Mudanças no algoritmo dos motores de busca: os motores de busca estão em constante evolução e mudando seus algoritmos para fornecer resultados de busca mais relevantes e de alta qualidade. Isso significa que as estratégias de otimização que funcionaram no passado podem não funcionar mais, e você pode precisar se adaptar constantemente para permanecer relevante;
  • Dependência de terceiros: você não tem controle total sobre como os motores de busca classificam seu site e pode ser afetado por mudanças repentinas nos algoritmos ou atualizações do próprio motor de busca. Isso pode ter um impacto significativo na sua visibilidade online e no tráfego do seu site;
  • Resultados de pesquisa personalizados: os resultados de pesquisa orgânica podem ser diferentes para cada usuário com base em sua localização, histórico de pesquisa e outras informações pessoais. Isso pode dificultar a previsão de onde seu site aparecerá nos resultados de busca orgânica para diferentes usuários.

Gostou de nosso post? Acesse nossas outras publicações ou entre em contato direto pelo site!

O que é busca paga?

A busca paga é o resultado de outra estratégia de marketing digital. Os links patrocinados como são mais conhecidos funcionam pela escolha de palavras-chaves estrategicamente pensadas para serem condizentes com o que os usuários procuram.

A busca paga como o próprio nome diz é uma ferramenta onde se investe determinado valor para ter mais visibilidade nos mecanismos de buscas.

Nessa modalidade, os links são exibidos acima dos resultados da busca orgânica, independente se você está há tempos atuando na Internet ou não.

Resultados rápidos

Este é o principal motivo para se investir na busca paga. Para quem deseja ter resultados rápidos, a estratégia de links patrocinados é uma forma excelente de atrair pessoas e clientes interessados em seus produtos ou serviços.

Se você está procurando resultados a curto prazo e tem um orçamento disponível, a busca paga pode ser uma ótima opção. Mas se você quer construir uma presença online forte e sustentável a longo prazo, a busca orgânica é a melhor escolha.

Quer entender qual seria a estratégia de tráfego pago ideal para sua empresa? Aproveite a Sessão Estratégica de 30 minutos GRATUITA que estamos ofertando para pessoas interessadas em alavancar suas vendas com anúncios na internet.

Clique neste link AQUI.

Geração de tráfego qualificado

As pessoas que clicam nos seus anúncios geralmente já efetuaram uma busca específica e se chegaram até você é porque estão interessadas na sua empresa, a princípio. Tendo mais pessoas acessando o seu site é mais provável acontecer uma venda ou um contato surgir a partir da busca paga.

Para ter um tráfego qualificado na internet, é importante entender quem é o seu público-alvo e o que ele está procurando.

Identifique seu público-alvo

Antes de começar a criar conteúdo ou anunciar online, você precisa identificar quem é seu público-alvo. Quem são as pessoas que você quer alcançar? Quais são seus interesses, necessidades e desafios? Quanto mais clara for a sua compreensão do seu público, mais fácil será criar conteúdo que os atraia.

Crie conteúdo de qualidade

Para atrair tráfego qualificado, você precisa produzir conteúdo de qualidade que resolva os problemas ou atenda às necessidades do seu público. Isso pode incluir blogs, vídeos, infográficos, guias ou qualquer outro tipo de conteúdo que for relevante para o seu público. Certifique-se de que seu conteúdo é informativo, fácil de ler e relevante para o seu público.

Use técnicas de SEO

A otimização para motores de busca (SEO) é uma maneira eficaz de atrair tráfego qualificado para o seu site. Ao otimizar seu conteúdo para palavras-chave relevantes, você pode ajudar os motores de busca a entender o que seu site oferece e a classificá-lo para consultas de pesquisa relevantes. Certifique-se de que seu conteúdo inclua palavras-chave relevantes, títulos e descrições otimizados e uma estrutura de URL clara.

Anuncie em plataformas relevantes

A publicidade online pode ser uma maneira eficaz de atrair tráfego qualificado para o seu site. Ao anunciar em plataformas relevantes para o seu público, como o Google Ads ou as redes sociais, você pode alcançar pessoas que já estão interessadas no que você tem a oferecer. Certifique-se de que seus anúncios sejam relevantes, atraentes e incluam uma chamada à ação clara.

Use mídias sociais

As mídias sociais podem ser uma maneira poderosa de atrair tráfego qualificado para o seu site. Ao compartilhar seu conteúdo nas redes sociais e engajar com seu público, você pode aumentar sua visibilidade e atrair pessoas que já estão interessadas no que você tem a oferecer. Certifique-se de que seu conteúdo seja relevante e compartilhável, e inclua links para seu site sempre que possível.

Geração de novos negócios

Com o tráfego mais constante em seu site as chances de gerar novos negócios são absolutamente maiores. Desta forma, a busca paga é uma ótima oportunidade para impulsionar um negócio rapidamente.

Problemas com a busca paga

Vimos que investir em links patrocinados para gerar buscas qualificadas pode ser uma excelente forma de gerar negócios, porém nem tudo são só maravilhas. Vamos ver!

É muito caro investir em busca paga?

Essa é outra questão um tanto “polêmica” e que desperta certas dúvidas em que decide investir em busca paga.

O custo em investir nessa modalidade de publicidade é muito relativo, pois a ideia de “caro” pode não ser verdadeira quando comparada com o retorno que pode gerar. Uma empresa pode ter um custo de mil reais mensais em links patrocinados, mas em contrapartida pode gerar um retorno de 10 mil. Por outro lado o inverso também pode acontecer.

Por isso que o conhecimento do funcionamento do sistema de buscas e das ferramentas é fundamental para que os investimentos possam ser otimizados e o retorno possa ser garantido.

Como as empresas podem se beneficiar de diferentes maneiras com a busca orgênica e a busca paga?

Existem inúmeras maneiras de se beneficia com ambas as buscas. Em resumo, tanto a busca orgânica quanto a busca paga têm seus benefícios e podem ser integradas em uma estratégia de marketing digital eficaz.

O ideal é que as empresas avaliem suas necessidades e objetivos específicos para determinar a melhor abordagem para atingir suas metas de negócios. Seguem 3 pontos de benefícios levantados para ambas:

Busca Orgânica

  1. Aumento do tráfego de qualidade para o site, pois a busca orgânica permite que as empresas obtenham tráfego de qualidade para seus sites sem precisar pagar por anúncios. Isso é importante, pois o tráfego orgânico geralmente é composto por usuários que têm maior probabilidade de se interessar pelo produto ou serviço oferecido.
  2. A melhoria da visibilidade da marca com a otimização do SEO, as empresas podem aumentar sua visibilidade nos resultados de pesquisa orgânica. Isso pode ajudar a aumentar a conscientização e o reconhecimento da marca.
  3. O custo-benefício uma vez que a busca orgânica pode ser uma opção mais econômica a longo prazo em comparação com a busca paga, pois não requer investimentos contínuos em publicidade.

Busca Paga

  1. Aumento rápido do tráfego e das vendas com a busca paga, as empresas podem alcançar resultados imediatos e direcionar tráfego e vendas para o site. Os anúncios pagos podem aparecer nos primeiros resultados de pesquisa, o que pode gerar mais cliques e conversões.
  2. Melhoria da segmentação uma vez que as empresas podem segmentar seus anúncios com base em palavras-chave específicas, localização geográfica, demografia e outros critérios. Isso ajuda a direcionar anúncios para usuários mais relevantes, o que pode aumentar a taxa de conversão.
  3. A flexibilidade de orçamento da busca paga permite que as empresas ajustem seu orçamento com base nos resultados de desempenho. Isso significa que é possível ajustar o orçamento em tempo real para otimizar o retorno sobre o investimento em publicidade.

 

Gostou de nosso post? Acesse nossas outras publicações ou entre em contato direto pelo site!



Erik Willian

Fundou a Digital Pixel em 2010, nascido em Belo Horizonte / MG, é experiente tanto na área de desenvolvimento como nas atividades de planejamento, atendimento. Atualmente é o responsável, na Digital Pixel pelo setor comercial e planejamento. Trabalhando com prospecção e adquisição de novas parcerias/clientes para a empresa. Participa ativamente dos projetos da empresa, e esteve presente desde a pré-contratação à entrega em mais de 1000 projetos web de diversos seguimentos.

Comentários

Ainda não recebemos comentários. Seja o primeiro a deixar sua opinião.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Comente com o Facebook

(31) 3384-8620

contato@digitalpixel.com.br

Voltar Para o Site

Faça o download