Ser o primeiro colocado do Google é suficiente?

Por Erik Willian

Na era digital, o Google é a grande vitrine para o seu site e para a sua empresa. Um estudo americano realizado em 2014 pela eMarketer mostrou que 61% das visitas de sites vinham do Google e 66% da receita gerada por estes sites também partia do Google. Para chegar a esta conclusão a eMarketer analisou sites de diversos setores da indústria e varejo. Outro estudo americano realizado pela Mediative visava mostrar para onde as pessoas mais olham quando se deparam com um resultado de busca do Google. O resultado do estudo só comprovou uma tese já existente: Os primeiros colocados recebem um volume muito maior de olhares e consequentemente de cliques, como podemos ver na imagem abaixo, em que os pontos vermelhos representam a maior concentração de olhares:

Gráfico google

Diante disso temos a impressão de ter encontrado a solução para o sucesso: estar entre os primeiros colocados do Google! Sim, seria ótimo estar lá e de fato muito benéfico, mas será que um honroso lugar no topo é suficiente?

É preciso solucionar problemas.

Ao realizar uma busca no Google, o que o usuário quer é solucionar um problema, que pode ir desde a maneira correta de escrever uma palavra, até a busca por um produto ou serviço.

Estar nas primeiras posições do Google pode trazer muito tráfego ao site, mas para converter este tráfego em clientes, vendas e dinheiro, as empresas precisam entender o que o usuário está buscando e oferecer uma solução para este problema. O ideal é pensar sempre pela ótica do usuário, em qual está sendo o raciocínio dele ao fazer determinada busca.

Se o cliente busca por “melhores restaurantes na zona sul” e acessa o site do restaurante “X”, ele quer ser convencido de que aquele restaurante está entre os melhores da região determinada. Provavelmente este usuário tem alto nível de exigência, ou está em busca de um restaurante para um jantar importante em que nada pode dar errado. O site precisa então apresentar informações que atendam a expectativa deste usuário deixando-o mais confiante. Esta confiança pode ser conquistada através de fotos, textos, depoimentos e avaliações de outros clientes, apresentação dos serviços diferenciados que possui, entre outros fatores estimulantes.

O cliente gostou, qual o próximo passo?

Ainda pensando na ótica do cliente, depois de gostar dos atributos do restaurante no site, qual será o próximo passo? Muito possivelmente o cliente quer agora fazer uma reserva. Neste caso é preciso pensar: existe no site a possibilidade de fazer reserva online e com facilidade? Caso não exista, o cliente tem diferentes formas de fazer esta reserva agora, seja por telefone, e-mail, ou até mesmo whatsapp, para aproveitar seu impulso de compra? Ou a burocracia e demora para ter resposta e confirmação da reserva irá frustrar e desestimular este cliente, que optará por outro restaurante?

Cada busca é um contexto.

É impossível deter o primeiro lugar em toda uma área ou segmento. Cada busca, ainda que parecida, é um contexto diferente e pode trazer resultados diferentes. Uma mesma empresa pode estar em primeiro lugar para “comprar celular” e longe do primeiro lugar para “comprar smartphone”.

Digital Pixel - Criação de Sites BH e sua posição na busca orgânica

O Google entende que a Digital Pixel pode ser muito útil para quem busca por criação de sites na cidade de Belo Horizonte, mas não atender com a mesma eficácia a necessidade de clientes em outro estado.

É preciso entender também que as buscas dos usuários passam por contextos que devem ser atendidos de maneira individual. Um cliente que deseja comprar uma mesa, por exemplo, poderá buscar por “mesa de madeira”. Neste caso está interessado em conteúdo como modelos, preços, vantagens do produto. Em seguida poderá buscar por “mesa de vidro”, desejando as mesmas informações sobre este produto para comparar com o anterior. O próximo passo pode ser buscar por “mesa de madeira ou mesa de vidro?”, já que por indecisão o cliente quer artigos ou tabelas que comparem especificações, preços, vantagens e desvantagens de cada opção, além da opinião de outros usuários. O quarto e decisivo momento é quando o cliente busca por “comprar mesa de madeira”.

Na compra deste produto o cliente passou por 4 estágios. Geralmente as empresas pensam apenas no último, quando o cliente compra, mas antes disso ele buscou produtos e fez várias comparações até tomar a sua decisão. É interessante para a empresa entender os contextos de cada busca, e buscar oferecer informações e soluções para cada uma delas, esta sim é uma forma eficaz de transformar uma posição favorável no buscador em um maior volume de vendas.

Digital Pixel – Criação de Site BH – Belo Horizonte
Certificados pelo Google, especializados em marketing digital.

Erik Willian

Fundou a Digital Pixel em 2010, nascido em Belo Horizonte / MG, é experiente tanto na área de desenvolvimento como nas atividades de planejamento, atendimento. Atualmente é o responsável, na Digital Pixel pelo setor comercial e planejamento. Trabalhando com prospecção e adquisição de novas parcerias/clientes para a empresa. Participa ativamente dos projetos da empresa, e esteve presente desde a pré-contratação à entrega em mais de 1000 projetos web de diversos seguimentos.

Comentários

Ainda não recebemos comentários. Seja o primeiro a deixar sua opinião.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Comente com o Facebook

R. Duarte da Costa, 405 - Liberdade - BH/MG - 31270-170

(31) 3384-8620

contato@digitalpixel.com.br

Voltar Para o Site

× Fale conosco