Experiência do Usuário: por que um site desorganizado atrapalha minhas vendas?

Por Erik Willian

experiencia-do-usuario-por-que-um-site-desorganizado-atrapalha-minhas-vendas.jpeg

Se você tem seu próprio negócio ou empresa, provavelmente sabe que não basta possuir um site para divulgar seus produtos ou serviços. É preciso prever como o seu cliente se sentirá ao acessar aquela página e se a sua experiência com ela será satisfatória.

Quem nunca abandonou um website porque a navegação era muito lenta ou não conseguia encontrar as informações que desejava? A mesma situação se aplica ao usuário da sua página. Se suas expectativas não forem atendidas, ele dificilmente sentirá confiança em sua marca e poderá até procurar um concorrente para atender suas necessidades.

Neste post, você vai entender melhor o que é experiência do usuário e quais são os principais aspectos capazes de impactar a sua eficácia.

Acessibilidade

Experimente aumentar ou diminuir a janela de qualquer site no qual você esteja navegando agora. Em seguida, atualize a página. Se todo o seu conteúdo se reorganizar proporcionalmente, significa que esse site é responsivo.

Provavelmente, se você acessá-lo pelo smartphone ou tablet vai reparar (se tiver atenção) em vários detalhes que tornam a página fácil de explorar, como links espaçados (para não esbarrar acidentalmente em alguma página que você não queira abrir), um layout de tamanho que dispense o zoom ou uma boa disposição dos textos e imagens.

Um design responsivo que se preze garante a acessibilidade e a boa usabilidade do conteúdo de uma página, independentemente do meio tecnológico que o usuário usa para acessá-la. As vantagens são inúmeras.

Primeiro porque quando várias versões de um mesmo site são desenvolvidas para aparelhos diferentes (tablet, PC, smartphone), cada uma delas possui URLs distintas. Isso atrapalha a indexação das páginas por parte de buscadores (como o Google).

Além disso, é importante lembrar que a responsividade facilita a adaptação e exibição do seu conteúdo em qualquer dispositivo. Quanto tempo você já perdeu tentando navegar em uma página que não carregava muito bem? Por isso, é possível dizer que quem não possui um site acessível está perdendo dinheiro.

Usabilidade

A experiência do usuário é um reflexo direto da interação do internauta (ou possível cliente) com seu site. Se essa pessoa acaba vivenciando uma experiência desagradável, isso significa que as chances de acessar essa página novamente são menores.

Um estudo elaborado pela agência Gomez informa que 88% dos consumidores online são menos propensos a retornar para um site depois de uma experiência ruim. Sendo assim, é possível dizer que esse fato é capaz de fazer você perder novas oportunidades de vender e fechar negócios.

Nesse contexto, a usabilidade é a característica que faz a experiência de navegação ser rápida, intuitiva e fácil, para que seu cliente não encontre dificuldades ao realizar alguma compra ou procurar por alguma informação.

Os sites com alto índice de usabilidade levam em conta as vontades do público, pois são informativos, envolventes e fáceis de entender, já que possuem uma estrutura de organização descomplicada e otimizada.

Utilidade

Você se lembra do Orkut? Apesar dessa rede social ter apresentado uma péssima usabilidade, excesso de bugs e uma interface mal planejada, você provavelmente já deve ter uma noção do quão acessada ela era em meados de 2007.

Por que tantas pessoas faziam questão de entrar naquela página, mesmo sabendo que iam se deparar com tanto conteúdo fútil? A resposta está em um dos fatores mais interessantes da experiência do usuário: a utilidade.

Apesar da falta de acessibilidade e lentidão, o Orkut era um dos poucos ambientes online que permitiam o contato e compartilhamento de experiências com tanta gente do seu círculo social ao mesmo tempo.

Fora a popularidade, também era possível se comunicar com pessoas apenas por meio de gostos em comum, partilhados em grupos. Tudo isso era uma novidade muito envolvente para os usuários naquela época. 

Esse exemplo mostra que não adianta de nada que seu site seja organizado, responsivo e com excelente usabilidade se não oferecer soluções relevantes para seu público. Mais do que a apresentação de um design interessante, sua página precisa ser útil, ou não terá acessos.

Funcionalidade

Ao oferecer serviços ou produtos (e-commerce) úteis, é preciso que a programação do site possua elementos eficientes para cumprir o objetivo proposto pela página, tanto do ponto de vista do usuário quanto da empresa. 

As funcionalidades entram nesse contexto como gatilhos estratégicos, gerando ações previstas pela sua equipe e, às vezes, permitindo até a interação do internauta. Nesse campo, estão incluídos os comentários na página, a barra de pesquisa e o mapa do site, por exemplo.

Sendo assim, para que a plataforma possua uma estrutura adequada às necessidades do cliente, é preciso que haja antes uma definição clara das funcionalidades necessárias para manter o seu interesse e garantir a eficiência do seu projeto.

Personalização

Deparar-se com um conteúdo customizado, totalmente voltado para as preferências e necessidades de cada visitante é certamente um ponto positivo para que os clientes retornem a sua página. 

Isso porque o objetivo principal por trás da ideia de personalização é moldar a experiência do usuário a partir do momento em que ele acessa o site pela primeira vez. Por meio do seu histórico de navegação, é possível ajudá-lo a encontrar os produtos ou serviços pelos quais ele realmente se interessa sem desperdiçar tempo, de forma útil e até mesmo prazerosa. 

Dessa forma, a personalização é capaz de humanizar, fidelizar clientes e aumentar índices de conversão na medida em que afeta não somente a visualização do usuário, mas também a forma com que ele se sente perante a marca.

Como você pôde perceber, a experiência do usuário é um elemento fundamental ao sucesso de seu site não apenas para que seu potencial cliente não se sinta perdido ou perca tempo, mas também para estimular o seu interesse e fechar cada vez mais negócios. Em tempos de concorrência acirrada, não é possível se dar ao luxo de descuidar dos detalhes e perder vendas por causa de uma página desorganizada, certo?

Gostou deste post? Gostaria de continuar por dentro dos assuntos do blog? Então assine nossa newsletter e receba todas as novidades em primeira mão no seu e-mail!

Erik Willian

Fundou a Digital Pixel em 2010, nascido em Belo Horizonte / MG, é experiente tanto na área de desenvolvimento como nas atividades de planejamento, atendimento. Atualmente é o responsável, na Digital Pixel pelo setor comercial e planejamento. Trabalhando com prospecção e adquisição de novas parcerias/clientes para a empresa. Participa ativamente dos projetos da empresa, e esteve presente desde a pré-contratação à entrega em mais de 1000 projetos web de diversos seguimentos.

Comentários

Ainda não recebemos comentários. Seja o primeiro a deixar sua opinião.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Comente com o Facebook

Av. do Contorno - n°3979 sala 1004
Santa Efigênia - Belo Horizonte - MG
30110-021

(31) 3384-8620

contato@digitalpixel.com.br

Voltar Para o Site