6 dicas de SEO para melhorar o posicionamento do seu site

Por Erik Willian

6-dicas-de-seo-para-melhorar-o-posicionamento-do-seu-site.jpeg

Empresas que reconhecem a importância de ferramentas de busca para atrair usuários sabem que otimizar o site com técnicas de SEO é fundamental. No entanto, é preciso ter confiança para implementar as mudanças, já que alterações equivocadas podem até mesmo prejudicar a sua posição no Google.

Por isso, selecionamos seis dicas de SEO para você aplicar e melhorar o posicionamento do seu site nas buscas orgânicas.

1. Pesquise palavras-chave e capriche no conteúdo

Para se posicionar bem no Google, um dos fatores mais importantes está na relevância do conteúdo em relação às palavras-chave que os usuários pesquisam. Ou seja, se a sua empresa vende sapatos, o seu website precisa ter palavras-chave relacionadas a sapatos, como “tênis”, “sandálias”, “sapatos sociais” e “sapatos de salto”, por exemplo.

Além de estar presente no conteúdo da página, sempre que possível, a palavra-chave deve estar na URL, no título, em pelo menos um intertítulo (h2, h3, h4 etc.) e no texto alternativo de pelo menos uma imagem.

Pesquise por palavras-chave em ferramentas como o Planejador de palavras-chave, o Keyword Tool e o Ubersuggest e descubra temas de interesse do público (desde que sejam relacionados à sua marca) usando o Buzzsumo e o Google Trends.

Com essas ideias, crie conteúdo útil e de qualidade, que faça a diferença para os usuários e os ajude a solucionar um problema ou a superar alguma dificuldade.

Mas atenção! Repetir a palavra-chave muitas vezes em uma página pode sinalizar ao Google que você está exagerando na otimização do site para SEO. Se o buscador detectar essa péssima prática, você pode perder posições.

2. Atente-se aos links para o seu site

Juntamente com o conteúdo, a quantidade e qualidade de links de sites externos para uma página são os fatores mais importantes para o Google avaliar a sua relevância.

Cada link funciona como um voto, indicando que sua página merece ser visitada. Já a qualidade, se refere à autoridade de quem está apontado um link para você. Se for um site com temática semelhante, com conteúdo que valha a pena ser compartilhado e com reputação digna, será um link de boa qualidade.

Vemos aqui, novamente, a importância de publicar conteúdo com informações úteis e bem fundamentadas. Quanto maior for o potencial do seu conteúdo em informar e ajudar as pessoas, maior será a chance de ele receber links de sites que tratem de assuntos que tenham a ver com o seu mercado.

Por outro lado, se você receber links de sites suspeitos, envolvidos com spam e práticas duvidosas de SEO, o Google poderá penalizá-lo. Para informar ao Google que determinado link não é bem-vindo, o Search Console oferece a ferramenta Disavow links. Utilize-a para evitar que sites estranhos prejudiquem a sua colocação.

3. Entenda a importância das meta descriptions para SEO

A meta description é aquele pequeno texto que aparece nos resultados de busca, abaixo do nome e da URL da página. Apesar de não ser um fator direto de posicionamento para o Google, uma meta description bem elaborada é decisiva para persuadir o usuário a entrar no seu site.

Além disso, se houver palavras equivalentes nos termos de pesquisa e na meta description, o Google coloca essas palavras em negrito. Isso atrai a atenção do usuário, aumentando as chances de ele ler a sua descrição, se interessar pelo conteúdo e clicar para acessar a página.

Lembre-se de checar as meta descriptions das suas páginas de tempos em tempos para confirmar que elas estejam atualizadas.

Teste também criar descrições, com chamadas para ação no final, como “Confira aqui!” e “Clique para saber mais!”.

4. Pense na experiência do usuário

Muitos donos de sites não dão atenção para a experiência do usuário (user experience — UX) de seus sites, por ignorarem que esse também é um fator importante de SEO. Como o objetivo do Google é sempre entregar os melhores resultados para satisfazer o usuário, ele deve garantir que os primeiros colocados sejam sites com a melhor experiência possível.

Sendo assim, procure pensar como um visitante se sente ao acessar o seu site. Para isso, as seguintes perguntas podem ajudar:

  • Seu site tem uma navegação simples?
  • A fonte está em um tamanho confortável, e a cor faz bom contraste com o fundo?
  • Os links estão separados o suficiente, de forma que os usuários dificilmente clicarão em um link por engano?
  • As páginas estão livres de pop-ups ou elementos que podem bloquear a leitura?
  • Seu site é responsivo, ou seja, se adapta ao tamanho da tela do usuário?
  • A velocidade de carregamento está adequada? (mais sobre velocidade na próxima seção)

Analise os pontos cuja resposta foi não, pois o Google tem diversas maneiras de inferir a qualidade da experiência do seu site. Sem falar que os usuários que tiveram uma experiência ruim ao navegar na sua página, dificilmente retornarão.

5. Avalie a velocidade de carregamento

Faz todo sentido que uma página rápida esteja associada a uma boa experiência, afinal um usuário que espera mais de cinco segundos para visualizar um conteúdo, logo perde a paciência.

Por isso, além de contratar um bom serviço de hospedagem, utilize o PageSpeed Insights para saber se as suas páginas têm elementos que atrasam o carregamento. Após analisar seu site, a ferramenta mostra uma nota de 0 a 100 para a sua velocidade e dá algumas sugestões de como melhorá-la.

6. Mantenha o site atualizado

Criar conteúdo com regularidade também interfere no seu posicionamento. O Google “enxerga” atualizações constantes do seu site como algo bom, se trouxer benefícios aos usuários.

Diante disso, procure ter um blog para o seu negócio e crie conteúdo informativo (lembre-se da dica número 1) e de forma consistente. Se você puder publicar um conteúdo novo por semana, ótimo! Se não puder, publique uma vez por mês. O importante é manter a regularidade e não ficar muito tempo sem alterações.

Assim como as meta descriptions, confira se conteúdos publicados há mais tempo também estão atualizados. Tenha em mente que alterar uma ou duas frases não indicará para o Google que a página, ou post, foi atualizada. Reescreva e inclua parágrafos, adicione dados de pesquisas, imagens e vídeos. Enfim, torne o seu conteúdo ainda mais atrativo e interessante.

E então, gostou das dicas? Todas elas são parte essencial de uma estratégia de SEO voltada para resultados. E para ter resultados ainda melhores com o seu site ou blog, confira também as nossas dicas de SEO para escrita de posts.

Erik Willian

Fundou a Digital Pixel em 2010, nascido em Belo Horizonte / MG, é experiente tanto na área de desenvolvimento como nas atividades de planejamento, atendimento. Atualmente é o responsável, na Digital Pixel pelo setor comercial e planejamento. Trabalhando com prospecção e adquisição de novas parcerias/clientes para a empresa. Participa ativamente dos projetos da empresa, e esteve presente desde a pré-contratação à entrega em mais de 1000 projetos web de diversos seguimentos.

Comentários

Ainda não recebemos comentários. Seja o primeiro a deixar sua opinião.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Comente com o Facebook

Av. do Contorno - n°3979 sala 1004
Santa Efigênia - Belo Horizonte - MG
30110-021

(31) 3384-8620

contato@digitalpixel.com.br

Voltar Para o Site